Docentes da Ufba decidem manter greve que já dura 130 dias

Os professores da Universidade Federal da Bahia (Ufba) votaram pela continuação da greve em assembleia nesta última terça-feira, 6. No total, 146 docentes votaram pela manutenção, 70 pela saída e quatro se abstiveram. Apesar da continuidade do movimento, os docentes aprovaram indicativo de saída de greve para a próxima assembleia no dia 14 de outubro.
No próximo encontro vão decidir se aprovam a saída unificada. Ainda nesta terça, a greve dos professores da UFRB chegou ao fim. Professores e técnicos administrativos da universidade decretaram greve no dia 28 de maio, somando mais de 130 dias. Entre os principais motivos, estavam a falta de verbas com os cortes do governo federal e reajuste salarial. O sindicato dos professores já declarou que defende a saída do movimento, mas precisa da aprovação da categoria.
A Tarde

Nenhum comentário:

Postar um comentário