Duas mulheres são encontradas mortas com marcas de tiros na ilha de Itaparica

Vandeílza Nunes de Souza, 43 anos, e Gláucia Araújo dos Santos, 24, foram assassinadas a tiros na madrugada da terça-feira (21/3), em uma localidade conhecida como Pedrão, no município de Vera Cruz. Equipes da polícia estiveram na rua da Invasão no início da manhã e confirmaram o crime.
O titular da 24ª DT, em Vera Cruz, Geovane Paranhos, disse que a principal suspeita é a de que a disputa por um terreno tenha motivado as mortes. “Pelo o que colhemos até agora, elas não tinham envolvimento com tráfico de drogas, mas teriam invadido uma propriedade e estavam tentando vendê-la”.
Paranhos disse ainda que as duas mantinham um relacionamento e moravam juntas no local. Apesar da suspeita, ele acredita que novidades podem surgir ao longo das investigações. “Ainda estamos iniciando o processo.


Não é possível garantir que a causa seja essa ou apontar autoria”. O Departamento de Polícia Técnica foi acionado e realizou a remoção dos corpos das mulheres. O caso ficará sob a responsabilidade da 24ª DT. Fonte: Aratu Online.

Nenhum comentário:

Postar um comentário