Após delação da Odebrecht, Neto perde popularidade como vice de Dória

Após especulações sobre compor uma eventual chapa presidencial liderada pelo atual gestor de São Paulo João Doria (PSDB), na condição de vice, o nome do prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) parece perder força após ser citado em delações da Odebrecht.
Segundo a coluna do Estadão, apoiadores da candidatura presidencial de João Doria defendem que um político do Nordeste seja o vice da chapa. Originalmente, Neto era o mais cotado mas a preferência agora seria por
alguém do PSB. (bahia.ba)

Nenhum comentário:

Postar um comentário