Dupla BaVi lança campanha contra violência nos clássicos

Após os episódios de violência no clássico do último domingo (9), que culminaram na morte de um torcedor do Bahia, os presidentes do Bahia, Marcelo Sant’Ana, e do Vitória, Ivã de Almeida, reuniram-se com representantes da Rede Bahia e com Ednaldo Rodrigues, presidente da Federação Baiana de Futebol, para lançar a campanha #BaViDePrimeira Dois times, duas torcidas, um clássico.
Segundo João Gomes, diretor Executivo de Televisão da Rede Bahia, a campanha publicitária promoverá a tolerância entre rubro-negros e tricolores. “A campanha prega a tolerância. Não tem posicionamento ou relação com torcida única ou separada. Isso é de competência dos órgãos responsáveis. O que queremos com essa campanha é pedir respeito, tolerância nos estádios, no entorno e no dia a dia. Nos bares, em casa, em todo lugar. É o respeito pelo próximo, independente de qualquer coisa”, explica.
O presidente tricolor Marcelo Sant’Ana enfatizou a importância da campanha e afirmou que não vai aceitar imposição de torcida única nos clássicos,
prometendo brigar judicialmente em caso de aprovação de portaria do MP. “O clássico é isso, uma festa que temos no futebol. Vivemos em um mundo muito carente e intolerante. Não vou deixar a criminalidade vencer. Todos querem seguir um caminho de união. Já adianto, enquanto eu for presidente do Bahia, não vou aceitar torcida única. Se for imposto judicialmente, vamos entrar com recurso e vou protestar dentro do estádio”, afirmou.
Discurso seguido pelo mandatário rubro-negro Ivã de Almeida. “A rivalidade deve ficar dentro de campo, com atletas, treinadores. Estamos juntos nessa corrente. Claro que cada um torce para o seu clube de coração, mas tem que existir respeito acima de tudo”, opinou.
A campanha deve ir ao ar antes do próximo encontro entre as duas equipes, marcado para o dia 23 de abril pela semifinal da Copa do Nordeste. (bahia.ba)

Nenhum comentário:

Postar um comentário