Acusado de matar idoso de 82 anos se entrega para a polícia

O ex-presidiário, Edivan Souza, o Edivan de "Baé", suspeito de ter assassinado o idoso, Manoel Bezerra Lima de 82 anos, o "Manú", na tarde de domingo (18) dentro de sua própria casa no Parque Santa Cruz, na cidade de Cruz das Almas, no recôncavo, se entregou para a policia na tarde da terça-feira (20) dois dias depois do crime.
Segundo informações,  ele  se apresentou ao lado de um pastor evangélico e a princípio teria negado o crime. Ainda segundo informações, depois de algumas perguntas da policia, ele acabou confessando que tirou a vida do idoso, mas que se  encontra arrependido.
Conforme apurou a polícia, o acusado teria trabalhado na casa da vítima como ajudante de pintor, ao lado de profissionais que lhe deram oportunidade porque ele alegou ter mudado e que estava seguindo  o evangelho. Edivan foi ouvido por um  delegado  de  plantão e ficou à disposição da justiça.

A Polícia Civil não deu detalhe do que disse o acusado durante o depoimento e também não revelou se ele teria subtraído algum pertence da casa da vítima. O crime estava sendo investigado como latrocínio (roubo seguido de morte). Cruz na Tela

Nenhum comentário:

Postar um comentário