Com alusão à religiosidade, na decoração, organização ultima preparativos para a realização do São João em S.A.JESUS

Festividades juninas, principalmente no norte e nordeste do país, integram o celeiro cultural que faz com que a essência de nossa cultura possa não apenas eclodir do seio da sociedade. Mais que isso: trazer à tona costumes, tradições que passam de geração para geração, deixando, nessa trajetória, a saudável  sensação de êxtase existencial, no momento em que se dá espaço a toda uma explosão de alegria. 
Nesse contexto, milhares de municípios, de conformidade com suas condições econômico-financeiras ou priorizações de seus gestores, organizam suas grades de apresentações e ornamentam os principais espaços públicos, de maneira que "cenários" sejam criados,  com temáticas específicas, todavia, sempre fazendo alusão aos balões, à fogueira, ao milho, assim como, no contexto infraestrutural, enfoque às construções que remetam ao paisagismo rural e/ou rubano, nessa mistura que procura homenagear as pessoas simples, por outro lado, voltadas ao sincretismo religioso.

E em Santo Antonio de Jesus, não é diferente. No principal espaço do circuito, a instalação dos "Palcos para Apresentações Musicais" (principal e secundário), Camarotes, barracas, áreas (adjacentes) de apoio (prepostos das polícias militar e civil, Conselho Tutelar, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Saúde, etc), de maneira que os participantes (munícipes e visitantes de municípios vizinhos e da região, bem como turistas egressos de outras unidades da federação) possam participar dos festejos com muita alegria e segurança, com apoio logístico de todas as secretarias de governo.
Além desses espaços, os participantes deverão ser contemplados, também, com apresentações de grupos musicais do município e região, na  Praça Renato Machado e Praça da Secretaria de Cultura. Também integrando toda essa infraestrutura, a tradicional  "Vila do Forró", "Casa de Taipa", confeccionada pela Secretaria de Agricultura e, nesse ano, a "Igrejinha", fazendo referência à religiosidade reinante no seio da sociedade. Religiosidade que, naturalmente, representa todas as vertentes (evangélica, católica e demais segmentos).
Obviamente que nem todos municípios preparam estruturas desse porte. Todavia, além desse aparelhamento logístico-operacional é imperativo que haja segurança, higienização, qualidade nas apresentações e, acima de tudo, excelência no atendimento, seja por parte dos dos barraqueiros, seja por parte dos demais envolvidos nos festejos, para com munícipes e visitantes. Que em Santo Antonio de Jesus e demais municípios possa imperar a ordem e, acima de tudo, a alegria. Fotos Antonio Mascarenhas (www.tvsaj.com.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário