Otto Alencar diz que Temer "virou moqueca": "Já está no dendê"

O senador Otto Alencar (PSD-BA) esteve presente na votação da Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, que rejeitou, por 10 votos a 9, o texto principal da reforma trabalhista, uma das principais bandeiras do presidente Michel Temer. Em conversa com o Metro1, o congressista baiano destacou que a impopularidade do peemedebista se prova a cada dia. "Achei um absurdo o relator atender ao que quer o presidente Temer. Temer mandou que não se aceitasse emenda de nenhum senador apresentado ao projeto. O [Ricardo] Ferraço [relator do texto] não aceitou e o Temer depois iria vetar tudo que não é ruim ao trabalhador, editando também a medida provisória de bondades que nós queríamos modificar aqui. Não tem doutor que dê jeito na popularidade dele", disse o senador, que brincou dizendo que o presidente "virou moqueca".

"Ele já está no dendê, virou moqueca. Ninguém vai resolver a popularidade dele. Depois dessa situação, com capa de revista dizendo que ele é chefe de quadrilha, não há como", declarou Otto.Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário