Salvador - Polícia pede prisão de homem suspeito de matar mulher e dois filhos

Principal suspeito de ter matado a baiana de acarajé Jussara de Oliveira, 36 anos, e os filhos Felipe de Oliveira, 20, e Ângela de Oliveira, 16, o companheiro de Jussara, Alexandre Rodrigues Santos, 37, teve o pedido de prisão solicitado pela polícia civil nesta segunda-feira (19).
O pedido de prisão preventiva, que ainda está sendo analisado pelo Tribunal de Justiça da Bahia, foi feito pela delegada Juceli Rodrigues, titular em exercício da 27ª Delegacia (Itinga). Alexandre, que não tem passagens anteriores pela polícia, está sendo procurado pela polícia desde a noite desta sexta-feira (16) quando o crime aconteceu na casa em que moravam na Rua Jardim Talismã, em Itinga na cidade de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador.
A família da vítima suspeita que Jussara tenha sido morta porque o ex-marido dela não aceitava o fim do relacionamento. "Ela era baiana de acarajé e deixou de ser por causa dos ciúmes dele. Nenhum homem podia chegar na banca de acarajé dela que ele sentia ciúmes", conta a mãe da vítima, Maria da Glória de Oliveira, 73 anos.
Segundo o pai da vítima, o pai de santo Marciano Jesus de Oliveira, 62, além
dos ciúmes, outro motivo que teria levado a filha a terminar o relacionamento com o suspeito de ter cometido o crime era o fato dele ser usuário de cocaína. "Ela terminou o relacionamento de seis anos com ele por causa da cocaína. Aí eles voltaram há três meses, ele prometeu que não usaria mais, mas continuou usando. Ela voltou a romper com ele, mas continuaram a morar na mesma casa, mas dormindo em cama separadas", contou. (correio24horas)

Nenhum comentário:

Postar um comentário