Laje: Prefeito e presidente da Câmara devem exonerar parentes de cargos públicos

O Ministério Público recomendou ao prefeito da cidade de Laje, no Vale do Jiquiriçá, Kledson Duarte Mota, conhecido como Binho de Mota e ao presidente da Câmara Municipal, que exonere de seus cargos, esposa ou esposo, companheiros ou parentes (até o terceiro grau), do Prefeito, Vice Prefeito, Secretários, Chefe de Gabinete, Presidente da Câmara Municipal, ocupantes da mesa Diretora do Legislativo e Vereadores.
O gestor terá o prazo de 30 dias para cumprir a recomendação. O documento ainda diz que a partir do recebimento da presente notificação a Gestão Municipal não deverá nomear parentes para ocupar cargos na administração.
Editado por Tribuna do Recôncavo | Fonte: Portal Amargosa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário