Laje: Vereadora Eliene Batista denunciou descaso com a saúde do município e cobrou esclarecimentos da Gestão Municipal

A Vereadora Eliene Batista da cidade de Laje, cidade situada no vale do Jiquiriçá, no uso da tribuna da Câmara Municipal na sessão ordinária desta terça-feira (08), começou seu pronunciamento falando sobre a transmissão ao vivo pelo facebook que nas ultimas sessões tem sido feita, segundo ela é importante para as pessoas acompanharem os trabalhos e reivindicações dos Vereadores.
Continuando, disse ainda que irá apresentar um projeto de lei dando nome a atual praça da saúde do município, momento que aproveitou para lembrar que a praça citada encontra-se sete meses sem funcionar e pediu providencias por parte da gestão municipal. A Parlamentar lembrou-se de um projeto de lei já aprovado na Câmara em que dispõe sobre a colocação de números nas residências da cidade, segundo ela a falta de números vem trazendo transtornos aos moradores, em especial no momento da entrega de correspondências.
Complementando a fala do Vereador André em que tratou das péssimas condições das entradas, a Vereadora Eliene disse que a precariedade das estradas tem complicado ate transportar pacientes de urgências para o hospital do município.
Eliene comentou sobre a disponibilização do carro da Câmara para o serviço do Executivo Municipal e parabenizou o Presidente reconhecendo a importância da ação para o Povo da cidade de Laje. Disse ainda que o objetivo da oposição não é atrapalhar, e sim ajudar para que laje cresça e apareça com notícias boas e que todos os projetos que são bons para população a oposição irá aprovar.
Sobre o projeto do executivo em que dispõe sobre a concessão de terras para doação, a Vereadora disse que a oposição irá aprovar, mas que antes disso haverá uma ampla discussão para que os Vereadores possam fazer ressalvas no projeto com o intuito de que os lotes tenha condições de vidas e que possa dá dignidade a quem vai morar naquele local.
Eliene Batista lembrou da conferencia de saúde, falou da importância do momento para a construção da saúde de qualidade, momento que aproveitou para denunciar os descasos com o hospital do município. Segundo ela faltam materiais básicos, a exemplo de soro e seringas, alem disso os funcionários que inclusive a Vereadora elogiou pelo belíssimo tratamento aos pacientes, segundo ela fazem verdadeiros “marabalismo” para atender o povo no único hospital da cidade. Batista, ainda solicitou da líder do Governo que possa averiguar e tomar providencias diante do atual descaso, segundo ela um vaso de lixo do banheiro tem servido para aparar esgoto.

Lembrou da desorganização do setor de marcação de exames e disse que pessoas são humilhadas em grandes filas para marcar exames que às vezes não consegue marcar, a Vereadora disse ainda que quando a pessoa consegue marcar e vai agendar o carro, a “pessoa” pergunta quem marcou o exame e questionou “Para que  saber quem marcou? seria para saber se pode ou não marcar o carro?” Questionou. Eliene pediu mais esclarecimento acerca dessa situação e finalizou solicitando da presidência da câmara que possa solicitar junto à gestão um resumo referente às despesas com os festejos juninos, que até hoje o legislativo não possui ate mesmo para esclarecer as pessoas o porquê da falta de materiais no hospital e solicitou também esclarecimento sobre a retroescavadeira locada, que segundo ela desde o acidente com a máquina do município que a administração tem gastado dinheiro com locação que poderia ser gasto para comprar outra ou concertar a mesma, finalizou dizendo que a população precisa dessas informações.
(Vale Mais Noticias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário