Chapada Diamantina - polícia Encontra ossada humana no Vale do Capão

A Delegacia Territorial (DT), de Palmeiras, na Chapada Diamantina, encaminhou ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), nesta quinta-feira (14), para perícia de necropsia e exame antropométrico, os restos mortais de um corpo humano encontrados há dois dias, na parte alta do Rio Riachinho, em Caté-Açu, no Vale do Capão, naquela região.
De acordo com o delegado Paulo Henrique de Oliveira, titular da DT/Palmeiras, o DPT também receberá o aparelho celular e a câmera fotográfica da vítima, os quais poderão por meio dos vídeos e imagens, se ali houverem, ajudar na sua identificação. “O chip ainda estava no celular, porém debaixo d’água”, disse o delegado.
O titular da DT/Palmeiras informou que os brigadistas da Associação dos Condutores de Visitantes do Vale do Capão (ACV-VC) foram os primeiros a serem avisados, por transeuntes, sobre a presença dos restos mortais. Ela
acionou a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros e juntos rumaram ao local para a coleta do material, especialmente pertences pessoais, como barraca, roupas, mochila, entre outros.
“As fotos dos pertences desta pessoa poderão ser reconhecidas por amigos e familiares, ajudando a identificar de quem seria a ossada encontrada naquele ponto do Capão”, acredita o delegado. Segundo ele, a delegacia não tem nenhum suspeito em relação ao caso e nem, muito menos, foram feitas ocorrências de desaparecimento de pessoas na região onde o corpo foi encontrado.
Quem tiver acesso às fotos, disponíveis no site da Polícia Civil, reconhecendo de quem seriam os pertences ali expostos, poderá encaminhar as informações por meio do Disque Denúncia, telefone (71) 3235 – 0000, ou para o telefone da Delegacia Territorial de Palmeiras, (075) 3332 – 2228. (policiacivil.ba)

Nenhum comentário:

Postar um comentário