Inspirado no 'bunker de Geddel', game requer que jogador resgate R$ 51 milhões

Após a apreensão de R$ 51 milhões em um apartamento na Graça, atribuídos ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, resultou na criação de um aplicativo que faz menção ao caso. O game, “Recupere o dinheiro de Gededel”, que está disponível para usuários do sistema Android, foi desenvolvido pelo bacharel em sistema de informação, Ricardo Schmid de Albuquerque, de 27 anos; em parceria com o design Victor Hugo Castro e o arranjador da trilha sonora, Daniel Castro Barbosa, ambos de 26 anos. O jogo tem a seguinte narrativa: um amigo liga para o personagem, Gededel, em um apartamento em Salvador e avisa que a polícia descobriu o dinheiro guardado no imóvel. Gededel corre, então, para o imóvel para resgatar o recurso antes que a chegada da PF. O amigo do protagonista começa a atirar o dinheiro (em moedas, cédulas, maços e malas) pela sacada do apartamento do prédio. Entre os obstáculos estão ovos e tijolos lançados por vizinhos
indignados. A missão é cumprida ao conseguir juntar os R$ 51 milhões caso contrário, Gededel é alcançado por uma viatura policial e preso. O aplicativo foi lançado no último sábado (23). “Me descobri na área. Então, pensei que tinha que desenvolver um aplicativo que pudesse bombar de alguma forma. Tinha visto alguns aplicativos que já falavam de política criando sátira. Achei interessante e apostei”, disse Ricardo, em entrevista ao G1. No jogo, as moedas valem R$ 5 mi; cédulas verdes valem R$ 10 mil; amarelas, R$ 50 mil; azuis, R$ 100 mil; maços valem R$ 500 mil; a mala, R$ 3 milhões. Veja abaixo uma prévia do aplicativo: 


(bahianoticias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário