Líder da facção Bonde da Gamboa que distribuía drogas em Salvador e recôncavo é preso na BA-046

Guarnições da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Chapada capturaram, no início da madrugada deste domingo (17), o traficante de drogas e homicida José Marques dos Santos Rocha, 40 anos, o ‘Gago’. Integrante da lista de 80 alvos prioritários da Secretaria da Segurança Pública, o criminoso é conduzido para Salvador, onde prestará depoimentos nos departamentos de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Segundo informações Gago, que tinha mandado de prisão expedido, foi interceptado quando tentava fugir de uma barreira policial na BA-046, em um trecho entre as cidades de Iaçu e Milagres. Estavam com ele e também foram presos Vitor dos Santos Gomes, 29, Valter dos Santos Ferreira, 29, Cícero Dantas Oliveira, 41, que acumulam passagens por roubo, tráfico e estupro e Manuel Edson Almeida Andrade.
Com o quinteto foram apreendidos um veículo adulterado, modelo S10, cerca de R$ 2 mil, celulares, um caderno com anotações da atividade criminosa da quadrilha e porções de maconha. “Trabalhamos com intensidade. Recebemos as informações das equipes que desempenham as ações de inteligência e montamos o bloqueio. Em algum momento ele teria de passar”, contou o comandante da Cipe Chapada, major Ricardo Passos.
De acordo com uma fonte do site Informe Baiano, Gago é o chefe da quadrilha Bonde da Gamboa, que é subordinada ao Bonde do Maluco. Ele é responsável pela distribuição de drogas não só na Gamboa, mas também em outras localidades de bairros de Salvador, a exemplo de Cajazeiras e São Caetano. Gago também atua em Nazaré das Farinhas e outras cidades do recôncavo baiano. A suspeita é que ele estava expandindo a sua atividade para a região da Chapada Diamantina.

O diretor do Draco, Marcelo Sansão, ressaltou o excelente trabalho das guarnições da PM e informou que a prisão de Gago representa mais um grande avanço da polícia baiana. Informações e Fotos/informebaiano


Nenhum comentário:

Postar um comentário