Netinho se emociona ao lembrar ajuda de amigos, entre eles, Ivete: "Agiu com amor incondicional"

O cantor Netinho se emocionou ao lembrar da ajuda de amigos enquanto estava doente, entre eles, a cantora Ivete Sangalo, Bel Marques e a quituteira Dadá, em entrevista à Rádio Metrópole, nesta sexta-feira (29). "Quando eu adoeci em Salvador, muitos amigos artistas foram no hospital se oferecer para me ajudar, eu estava em coma, Ivete foi a primeira, Bel com a esposa e foi também Dada, nossa quituteira. Minha irmã depois disse que Dadá falou:"Não tenho muita coisa, mas o que eu tiver é dele", afirmou.
Ele também negou que os amigos tenham o abandonado na doença. "Um certo dia uma senhora falou: tadinho, ficou doente. Todo mundo te abandonou. Eu disse que não. Ninguém me abandonou. Ao contrário, meus amigos ficaram próximos. Teve uns que foram dar massagem nos meus pés", contou.
O cantor ainda relembrou com carinho o início da amizade entre ele e Ivete, que foi uma das pessoas que mais lhe ajudou. "Em 96 eu tava no auge com Mina, e naquele ano Ivete tava começando na banda Eva. E todo show meu eu falava de Ivete, e na minha turnê toda de 96 e 97, eu falava: gente tem um menina começando a carreira, vocês vão gostar, o nome dela é Ivete. Então, tudo que aconteceu depois é por amor. Essa história é linda. E ver quem ajudou e retribuir a pessoa sem querer nada. Isso é amor condicional. Ivete agiu comigo com amor incondicional. Amar sem ter nada em troca. Eu choro de alegria, porque isso é lindo", contou com a voz falhando.
Ainda muito emocionado, Netinho afirmou que tudo o que ele viveu contribuiu para que fosse uma pessoa melhor e não em um "coitado" como muitas pessoas, segundo ele, o vê. "Esse choro é meu é de emoção, eu sou canceriano e até com filme eu choro.
Hoje sou muito feliz, não tenho que provar nada a ninguém, tudo isso foi bom para mim porque modificou muita minha cabeça. Não sou coitado. Eu levantei, eu acredito em mim, na vida, na positividade. Não me olhem como coitado que não sou!", afirmou. Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário