Pela primeira vez na história, Varzedo entra no Mapa do Turismo da Bahia

O município de Varzedo entrou pela primeira vez no Mapa do Turismo da Bahia. O mapeamento fornece subsídios ao Ministério do Turismo (MTur) para o desenvolvimento de políticas públicas voltadas para o setor, tendo como foco a gestão, estruturação e promoção do turismo nos destinos brasileiros. É um importante instrumento de planejamento e alocação de recursos.
Para ser classificado como município turístico é necessário a existência de um órgão municipal de turismo e a comprovação de dotação orçamentária para investimento neste setor. Dos 417 municípios baianos, o Mapa do Turismo Brasileiro contemplou 150 cidades, distribuídas entre 13 zonas, Varzedo foi alocada no “Caminhos do Jiquiriçá”.
De acordo com o novo mapa, 53 municípios estão nas categorias A, B e C, que são aqueles que concentram o fluxo de turistas domésticos e internacionais. Como exemplo, temos destinos como Bom Jesus da Lapa, Ilhéus, Itacaré, Lençóis, Porto Seguro e Salvador. Os demais 97 municípios figuram nas categorias D e E, a exemplo de Varzedo, classificada como D.
Esses destinos não possuem fluxo turístico nacional e internacional expressivo, no entanto alguns possuem papel importante no fluxo turístico regional e precisam de apoio para a geração e formalização de empregos e estabelecimentos de hospedagem. O levantamento completo do Mapa do Turismo Brasileiro foi divulgado nesta quinta-feira (14) pelo Ministério do Turismo.

Em todo o país, foram listados 3.285 municípios em 328 regiões turísticas, um crescimento exponencial em relação ao Mapa de 2016, quando foram registradas 2.175 cidades em 291 regiões. Um conselho municipal de turismo em atividade e a assinatura de um termo de compromisso para realização das ações necessárias e adesão ao Programa de Regionalização do Turismo também estão entre os requisitos.

Varzedo cumpriu todos e participou de todas as etapas, com isso, a cidade está no Mapa do Turismo, apta para a captação de recursos para o fortalecimento da área. Para o Coordenador de Turismo José Raimundo, o sentimento é de felicidade. “Estou me sentindo realizado e feliz em ver a cultura e o turismo se estruturando”, afirmou. Tribunadorecôncavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário