Veículo que atropelou e matou três pessoas em C. do Paraguaçu era dirigido por um policial militar, diz Polícia Civil

O acidente que aconteceu na noite de sábado (10) na BA 491, no município de Cabaceiras do Paraguaçu, tirou a vida de  três pessoas.
Segundo a Policia Civil as vítimas foram identificadas como, Rodrigo da Conceição Adorno, Girlene da Conceição, da localidade rural de  Mil Peixes no município, e Eliene Bernadino da Silva, do bairro da Assembleia em Cruz das Almas. Ainda segundo a Civil, uma das vítimas, chegou a ser socorrida para a (Upa) de Cruz das Almas, mas não resistiu e morreu. As vítimas seguiam para uma novena.
A Civil ainda esclareceu que o veículo atropelador, modelo L200 de placa NZX-9616, era conduzido por um policial militar reformado de prenome, Aloísio. A reportagem do Cruz na Tela conversou com exclusividade com a delegada Ana Neide, que estava de plantão na delegacia de Cruz das Almas, e ela informou que a princípio, o homem disse em depoimento que não era policial, mas um filho revelou que realente era essa a profissão do pai. 
Ainda conforme a delegada, ele alegou que ingeriu bebida alcoólica em um bar na localidade de Olhos d'água, mas que não possuía hábito de beber. Após ser ouvido, o policial foi recolhido a carceragem da delegacia, onde ficou preso em flagrante, à disposição da justiça. 

O carro, modelo L 200 de placa NZX-9616, foi levado para o pátio da delegacia da cidade de Cabaceiras do Paraguaçu. Os corpos das vítimas foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). Cruz na Tela

Nenhum comentário:

Postar um comentário