Além de gabinete, PF faz buscas em apartamentos de Lúcio em Salvador e Brasília

Além das buscas em seu gabinete na Câmara dos Deputados, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) é alvo de outros mandados de busca e apreensão em sua residência em Brasília e no prédio em Salvador onde ele tem imóveis, assim como seu irmão, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA). O edifício fica no Chame-Chame, ao lado do prédio onde mora Geddel. Segundo informações do portal G1, a operação dessa segunda-feira (16) procura indícios de vínculos entre o parlamentar e os R$ 51 milhões apreendidos em um apartamento no bairro da Graça, em Salvador, no último dia 5 de setembro, durante a operação Tesouro Perdido. O dinheiro é atribuído a Geddel. Inicialmente, a informação era de que o apartamento foi emprestado ao ex-ministro pelo empresário Sílvio Silveira – este, no entanto, afirmou em depoimento que o imóvel foi emprestado a Lúcio. Outra pista da ligação do deputado é uma nota fiscal de uma funcionária dele que foi apreendida no mesmo local onde estava o dinheiro.
Diante desses indícios, o caso foi transferido para o Supremo Tribunal Federal (STF), já que Lúcio tem foro privilegiado. Bahianoticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário