Falsos portugueses aplicam golpe em médico e acabam presos

Dois homens se passando por portugueses para aplicar golpes foram presos em Iaçu, na tarde da segunda-feira (2), e transferidos pela Polícia Militar da Chapada Diamantina para a Delegacia Territorial de Jaguaquara, onde foi registrada uma queixa crime por estelionato contra um jovem médico da cidade, que caiu no chamado ”Golpe do Português”. De acordo com o médico, que procurou o Blog Marcos Frahm e pediu para preservar a sua identidade, a dupla estava hospedada até esta segunda em um hotel de Jaguaquara e, desde a última sexta-feira, frequentava os melhores restaurantes da cidade e agia dizendo que representava uma empresa de venda de produtos internacionais que seriam entregues em um shopping de Salvador. Diziam para as vítimas que não podiam retornar à Portugal com toda a mercadoria, devido o alto valor em tributos que pagariam, por isso estavam fazendo uma queima total no estoque.
O médico, que é morador de Jaguaquara, contou ainda que teria sido procurado pela primeira vez, pelos suspeitos, no Hospital Municipal Maria Leandra, na cidade de Santa Inês, e que a princípio teria se negado a comprar os produtos oferecidos, tais como mochilas, casacos, relógios entre outros, mas que, em Jaguaquara, ao ser reconhecido pela dupla em um restaurante, foi convencido pelos suspeitos e acabou adquirindo alguns produtos, cuja compra no valor de R$ 1.400,00 (um mil e quatrocentos reais) teria sido paga com R$ 400,00 (quatrocentos reais) em espécie e R$ 1.000,00 ( um mil reais) através de transferência para a conta bancária de um dos indivíduos. 
Ainda segundo o médico, na manhã de ontem, segunda-feira, a dupla descobriu o seu endereço e foi até sua casa, com tom de ameaça contra seus pais, dizendo não ter recebido pelos produtos vendidos. Eles ainda estiveram em um comércio, uma loja de material de construção, no Centro da cidade, fazendo cobranças aos familiares do médico, que acionaram a polícia, momento em que os estrangeiros fugiram a bordo de um carro Renault Sandero, de cor branca, que foi interceptado pela PM de Iaçu.
Apresentados no início da noite na DT de Jaguaquara, ambos foram reconhecidos pela vítima e seguem detidos. Segundo o delegado Chardison Castro, as investigações serão iniciadas e novas informações sobre o caso deverão ser divulgadas, inclusive sobre a origem dos mesmos.  Blog Marcos Frahm

Nenhum comentário:

Postar um comentário