Operação das polícias Militar e Civil desmonta fábricas de armas no extremo Sul da Bahia

Diversas espingardas, pistolas e revólveres, muitos de uso exclusivo, além de farta munição foram encontrados em três estabelecimentos que atuavam de maneira clandestina, na cidade de Teixeira de Freitas (distante 910 km da capital). O flagrante ocorreu durante a Operação Senhores das Armas deflagrada ontem (11) pelas polícias Militar e Civil.
Os estabelecimentos inicialmente mapeados foram a Casa Morbeck e Julinho da Sanfona. Nas apreensões diárias de armas com criminosos, em depoimento, eles relatavam comprar nesses estabelecimentos. Com mandados de busca e apreensão concedidos pela Justiça os locais foram vasculhados.
Durante as diligências chegou a informação de que na Oficina Confiança a mesma prática ocorria. As equipes da PM e PC foram até o local e apreenderam mais armas, munições, e outros materiais.
Na ação foram presos em flagrante Oto Moreira Morbeques, dono da Morbeck, Dourivaldo dos Santos, proprietário da Julinho da Sanfona, Agnelson Ferraz e
Ulimar Cardoso Ferraz, responsáveis pela Oficina Confiança.
Participaram da operação equipes da 8ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior e da 87ª Companhia Independente da Polícia Militar, ambas com sede em Teixeira de Freitas. "Aumentamos a nossa produtividade na apreensão de armas e durante as reuniões de avaliação percebemos que muitas eram artesanais. Grande ação das unidades locais. Estão de parabéns pelo belo trabalho", declarou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa. (ssp.ba)

Nenhum comentário:

Postar um comentário