PM e PC desocupam dez fazendas invadidas na região Sudoeste

Das 12 fazendas situadas na região Sudoeste que haviam sido ocupadas, dez foram liberadas após ação conjunta das polícias Militar e Civil, na tarde de ontem (2). Em uma propriedade de nome Tabajara foram encontrados dez homens, que disseram fazer parte de uma organização denominada Movimento Livre da terra (MLT). No local foram apreendidos duas espingardas, duas motocicletas e um carro com restrições administrativas. Um homem, ainda não identificado, foi preso em flagrante por assumir ser o dono das armas.
Duas fazendas pertencentes à família de Geddel Vieira Lima continuam ocupadas e com negociações em andamento. Participam das ações na região equipes da 8ª Companhia Independente da Polícia Militar (Itapetinga), Rondas Especiais (Rondesp) Sudoeste e Companhia Independente de Policiamento
Especializado (Cipe) Sudoeste e da 21ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Itapetinga).
“Criamos um grupo integrado para acompanhar e agir com relação a essas ocupações. Já determinei que aprofundem as investigações para sabermos se existe um grupo coordenando estas ações ou se foram coisas distintas”, explicou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa. Acrescentou que as unidades locais da PM e PC receberam reforço. (ssp.ba)

Nenhum comentário:

Postar um comentário