Deputado Arthur Maia é vaiado em Santo Antônio de Jesus

O deputado federal Arthur Maia (PPS) chegou sem muito alarde no domingo (26/11) de manhã em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo baiano, para a entrega de um trator para a comunidade de Mina do Sapé, na zona rural do município.  Porém, tão cedo Maia deverá esquecer a receptividade que teve na ‘Capital do Recôncavo’. Ele foi vaiado várias vezes por manifestantes durante a entrega do trator.
Taciturno, trocando monossílabos com os mais chegados, ia escapando da hostilidade que sua presença tem causado ultimamente. Porém, bastou o prefeito Rogério Andrade (PSD) chamá-lo para compor o centro e falar ao microfone, e a sonora vaia acompanhou-o ruidosamente.
Bastava ter seu nome pronunciado no pequeno e íntimo evento para estrondar uma sonora vaia. Discursos foram interrompidos várias vezes, num claro recado ao deputado baiano, eleito pelo povo como ‘inimigo dos trabalhadores’ pela posição dele diante da reforma previdenciária, da qual ele é relator na Câmara.
Mas o protesto à presença de Arthur Maia não se resumiu as vaias. Teve também palavras de ordem em inúmeros cartazes. Além do que, foi dado outro recado aos políticos que somente trazem os benefícios em momentos covenientes. Pelo visto, os eleitores, definitivamente, estão ‘tolerância zero’ aos que só enxergam o povo neste período.

Numa manifestação popular sem bandeira, o grupo soube exatamente alcançar o objetivo. A vaia teve o seu lugar garantido simplesmente porque nesse mundo, ainda que os políticos teimem em não acreditar: o que se planta, colhe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário