Morre mulher que teve 95% do corpo queimado em incêndio

A mulher que teve 95% do corpo queimado durante um incêndio supostamente criminoso dentro de uma residência na localidade de Barra de Pojuca, em Camaçari, morreu nesta quarta-feira (1º). O crime aconteceu na madrugada desta quarta e antes de Marilene de Jesus Santos, uma menina de quatro anos, Railla Santana Cunha, também havia morrido.
A mulher estava na casa cuidando da criança, enquanto o pai da menina trabalhava. No momento do crime, a vítima conseguiu escapar da residência com a garota pela janela. As duas foram encaminhadas para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiram aos ferimentos.
Segundo o pai da criança, um grupo chegou ao local atirando contra a casa e
depois colocaram fogo no imóvel. Autoria e motivação do crime ainda serão investigadas. (varelanoticias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário