Oposição acusa prefeito baiano de comprar placa com número do partido para carro oficial

A bancada de oposição ao prefeito Zé Filho (PSD) na Câmara de Vereadores de Riachão de Jacuípe ingressou com uma representação contra ele no Ministério Público da Bahia (MP-BA) por supostamente ter utilizado o número da placa do carro oficial de seu gabinete em benefício próprio. O caso é que o veículo possui a placa PKO-5555, o que, de acordo com os opositores, é uma alusão ao número do partido de Zé Filho, o 55. Um documento emitido pelo Detran apresentado pela oposição na representação mostra que, ao invés do sorteio econômico, a combinação foi comprada por mais de R$ 1 mil. O fato mostra, segundo os vereadores, que o objetivo é “promover o Representado [prefeito], numa afronta ao princípio da impessoalidade”. “O presente ato trazido aos autos é objetivo, com clara mensagem de promoção política do representado, com a indicação do número 55 (número do PSD, partido do representado) por duas vezes, os quais se utilizam de recursos públicos para tal. Assim, dúvida não
resta que a placa do referido veículo é claramente objeto de promoção pessoal realizada sobre o bem público, pertencente à municipalidade, em clara afronta aos princípios da administração pública elencados na Constituição Federal/88”, sustenta a peça, assinada pelos vereadores Lucas Willian (PSB), Robinho (PP), Toninho da CTI (PSC), Beto de Eny (PHS), Nem de Aureliano (PDT) e Catarina do Hospital (PDT). O carro, uma Hilux, foi adquirido este ano, pelo valor de R$ 245 mil. O MP aguarda, agora, manifestação da prefeitura da cidade sobre as acusações feitas na representação. O Bahia Notícias tentou contato diversas vezes com o prefeito Zé Filho para comentar a denúncia, mas não obteve sucesso. (bahianoticias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário