Procissão e vigília marcam homenagens ao time da Chapecoense um ano após acidente

Esta terça-feira (28) em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, deverá ser de homenagens e orações às vítimas do acidente de avião com o time da Chapecoense. Na tragédia, ocorrida na madrugada de 29 de novembro de 2016, morreram 71 pessoas, entre elas atletas e dirigentes do clube de futebol.
A Arena Condá, estádio da Chapecoense, ficará aberta o dia todo para quem quiser prestar homenagens.
No acesso das equipes adversárias ao estádio, haverá plotagens com imagens de momentos do time, conforme o clube.
À meia-noite haverá momento de oração na Arena Condá. Depois, está prevista procissão luminosa até a Catedral do município. Lá será realizada oração conclusiva e, à 1h15, tocarão os sinos. Na sequência, deverá ser iniciada uma vigília, que será concluída com missa de um ano do acidente no dia 29, às
18h30.
A Barra da Chape, torcida organizada da Chapecoense, deverá também prestar homenagens nesta terça. A concentração está marcada para das 20h, em frente à catedral Santo Antônio. De lá, haverá caminhada até a Arena Condá, onde os torcedores permanecerão em vigília. (g1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário