Bahia marca do fim e se despede da temporada com empate

O jogo de despedida do Bahia na temporada 2017 não foi como a torcida tricolor queria, mas o Esquadrão terminou o ano com a sensação de dever cumprido ao segurar o empate por 1x1, na tarde deste domingo (3), contra o São Paulo, no Morumbi, e viu as chances de ir para a Libertadores se acabarem de vez. Brenner e Eder marcaram os gols no segundo tempo.
O resultado deixou o tricolor na 12ª colocação do Brasileirão, com 50 pontos. A campanha garantiu ao clube a classificação na Copa Sul-Americana de 2018.
Sem Zé Rafael e Eduardo, suspenso, Carpegiani precisou fazer mudanças no time escalou o meia Régis e o zagueiro Eder nas respectivas posições. Mesmo com a chance remota de uma vaga na pré-Libertadores, os dois times demoraram a se lançar ao ataque e o início da partida foi morno e de muito estudo.
Tentando explorar a velocidade de Mendoza, o Bahia tinha dificuldades em passar pela marcação do time paulista. Do outro lado, o São Paulo usava da mesma arma, articulando jogadas longas com Marcos Guilherme, mas pouco
incomodava o goleiro Jean.
O primeiro lance de perigo só saiu aos 22 minutos. Mendoza recebeu passe de Edigar Junio dentro da área e bateu forte. A bola explodiu em Rodrigo Caio, que completou mandando para longe da área. A resposta do São Paulo veio na mesma moeda. O meia Shaylon invadiu a área e chutou forte, porém Tiago travou na hora certa. A melhor chance no primeiro tempo foi do tricolor baiano. Aos 34 minutos, Jucilei errou passe no meio-campo, Renê Júnior lançou Allione, que entrou em velocidade, driblou Rodrigo Caio e chutou para fora. Passou perto da trave.

Erro e recuperação
Precisando vencer para manter vivo o sonho da Libertadores, o Bahia voltou com outra postura no segundo tempo. Logo aos dois minutos, Régis cobrou falta na área e Renê Júnior completou de cabeça, só que Sidão fez a defesa.O tricolor continuou pressionando. Aos oito minutos, Mendoza recebeu cruzamento na área, se livrou da marcação de dois são-paulinos e rolou para Régis. O meia tentou o chute e a bola passou longe do gol de Sidão. Logo depois foi a vez de Allione bater de chapa e arrancar suspiros da torcida.
O São Paulo respondeu em chute de Shaylon que acertou o travessão de Jean. A situação se complicou para o Bahia quando Jean pegou de mão o recuo de bola de Renê Júnior e o juiz marcou a infração. Na cobrança em dois lances, Brenner chutou forte e abriu o placar para o tricolor paulista.
Com o resultado adverso, Carpegiani tirou o meia Régis e colocou o atacante Júnior Brumado. Mas a mudança não surtiu muito efeito e o Esquadrão passou a ter dificuldades para chegar no gol de Sidão. Quando o jogo se encaminhava para o triunfo do São Paulo, Allione cobrou falta na área e Eder, de cabeça, mandou para o fundo das redes, empatando o duelo.
No último minuto do jogo, o goleiro Jean teve chance de decretar o triunfo tricolor em cobrança de falta, mas mandou na barreira e não conseguiu alterar o placar. O Bahia agora só volta aos campos oficialmente em 2018. (correio24horas)

Nenhum comentário:

Postar um comentário