Caminhão do Corpo de Bombeiros invade Esplanada dos Ministérios

Policiais militares foram mobilizados na madrugada de hoje (3) para conter um caminhão do Corpo de Bombeiros que acessou a Esplanada dos Ministérios em alta velocidade. O veículo foi roubado por volta da 1h30, do 8º Grupamento de Bombeiro Militar, em Ceilândia Norte, a cerca de 30 quilômetros do Eixo Monumental, por um sargento da corporação que não teve o nome revelado. A motivação do furto não foi esclarecida.
Segundo a assessoria da Polícia Militar (PM), viaturas da Patrulha Tático Móvel e da Ronda Tático Motorizada chegaram a disparar tiros para interromper o curso do caminhão, que, após rodar cerca de meia hora, chegava à Praça dos Três Poderes pela Via S1.
O sargento foi encaminhado ao quartel de origem, onde recebeu voz de prisão
. De acordo com a PM, ninguém ficou ferido.

Secretaria
No fim da tarde, a Secretaria de Segurança do Distrito Federal afirmou que o Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF) não classifica o episódio como ato terrorista envolvendo o furto de um caminhão da corporação por um de seus sargentos. Com o veículo, o homem percorreu quase 30 quilômetros, de Ceilândia até a altura da Catedral de Brasília.
"Na apuração preliminar do Corpo de Bombeiros, a princípio não foram encontrados elementos que apontam para a caracterização de atentado terrorista, em conformidade com a Lei 13.260/16, que trata dos crimes de terrorismo", diz a nota da secretaria.
Segundo o comunicado, o 2° sargento deverá responder por furto qualificado, desobediência, danos ao material da administração militar e tentativa de dano. Ele está detido no Núcleo de Custódia do CBMDF e será submetido a audiência de custódia.
A secretaria informou ainda que o caso será acompanhado pela Diretoria de Saúde e o Centro de Assistência da corporação. (agenciabrasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário