Em caravana, Lula diz que vai continuar a desafiar Moro e a Polícia Federal

Em caravana no Rio de Janeiro, no município de Campos, o ex-presidente Lula voltou a desafiar o juiz Sérgio Moro a apresentar qualquer prova contra ele nos processos em que ele é réu na Operação Lava Jato. Ele reafirmou que o objetivo é tirá-lo da disputa de 2018.
"Eu desafio Moro, Ministério Público e Polícia Federal a apresentar uma prova contra mim. Se não querem que eu ganhe, parem de mentir e disputem as eleições. Ou peçam pra Globo criar um pra eles". Lula anunciou ainda a próxima parada de sua caravana: Curitiba, a cidade de Moro.
Ele ainda criticou o governo de Michel Temer em diversos aspectos, e reafirmou que tem como tirar o País do caos. "Se eles não sabem como consertar o país, eu sei como fazer. Durante 12 anos de PT, todas as categorias profissionais
tiveram aumentos anuais acima da inflação".
Lula reafirmou também seu compromisso de ouvir o povo para revogar as "maldades" de Michel Temer, como, segundo ele, a reforma trabalhista e o desmonte da Petrobras.
"Se a gente voltar, muita coisa vai mudar nesse país. Primeiro, vamos fazer um referendo revogatório para desfazer o que eles estão fazendo. O Brasil vive possivelmente a maior crise de sua história. Pela primeira vez está sendo governado por um golpista responsável por rasgar 54 milhões de votos na Dilma e que só é aceito pelo mercado para vender o Brasil". (brasil247)

Nenhum comentário:

Postar um comentário