Falso dentista é preso em Paulo Afonso

No dia (12), o Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRO-BA), em parceria com a Polícia Militar e a Vigilância Sanitária, prendeu em flagrante no município de Paulo Afonso,Carlos Emanoel Gomes Sousa, exercendo ilegalmente a profissão de cirurgião-dentista. Após recebimento de denúncias, a equipe de fiscalização do CRO-BA com o apoio da Polícia Militar, chegou até o endereço, Clínica Dentista da Família, estabelecida na Rua Caxangá, 339. Durante a abordagem o ilegal estava atendendo e alegou que estava providenciando o registro junto a delegacia regional do CRO, onde apresentou um certificado de conclusão de graduação em Odontologia pela FACIMP – Faculdade Imperatriz, localizada no Estado do Maranhão. Devido à falta de registro profissional o denunciado foi conduzido a delegacia para medidas cabíveis, onde foi constatado que o diploma é falso. Para Dr. Carlos Dourado, presidente da Comissão de Fiscalização do CRO-BA, quem incorre em crime que coloca em risco a saúde da população deve sofrer penalidade maior a que ora se atribui a pratica do exercício ilegal. Segundo Carlos Dourado, a classe odontológica aguarda a aprovação do projeto de lei 3063/08 que em seu texto original agrava a pena de reclusão de 2 a 6 anos e multa, punindo com efetividade aquele que exercer ilegalmente a profissão de cirurgião-dentista. A Vigilância Sanitária interditou o estabelecimento por falta do registro profissional e falta do alvará sanitário.
Na delegacia, depois de se certificar com o CRO-MA da falsidade do certificado, onde o mesmo confessou a falsificação. Carlos Emanoel fora autuado por falsificação de documentos e exercício ilegal da profissão de cirurgião-dentista.
Fonte: Fernanda MatosASCOM/CRO-MA

Nenhum comentário:

Postar um comentário