Pituxita revela que paquitas soltavam pum para afastar crianças de Xuxa

A ex-paquita Ana Paula Almeida, a Pituxita Bonequinha do "Xou da Xuxa", fez algumas revelações sobre o programa, durante entrevista ao "Papo de Almoço", da rádio Globo, comandado por Fernanda Gentil.
Para que as crianças não chegassem tão perto da rainha dos baixinhos, assistentes soltavam gases para afastá-las, segundo Ana Paula. "Vou contar uma coisa que não posso falar quem é. Tinha paquita que soltava pum para afastar as crianças. Se a gente colocasse a mão para frente, como se fosse abrir os braços e a Marlene [Mattos, diretora do programa] visse, a gente era suspensa. A gente tinha que botar as crianças no lugar, fazer elas pularem, o programa durava três horas, elas querendo ou não tinham que pular", contou.
Na ocasião, ela disse ainda que, às vezes, precisavam subir o tom de voz para que os baixinhos obedecessem. "O mais difícil não era criança gritando porque o som era muito alto e a gente não ouvia. O mais difícil era que elas queriam agarrar a Xuxa e eu não podia tocar nelas senão eu era suspensa. Então eu tinha que estar com o braço para trás, tinha que gritar mais alto que a música e elas tinham um limite no chão, era desse jeito: ʹVai para trás!ʹ", falou.

Ainda durante a conversa com Gentil, Ana Paula falou sobre os boatos que surgiram nos anos 1990 que diziam que o disco da Xuxa, quando reproduzido ao contrário, tinha uma mensagem satânica. "Todo disco, se você virar ao contrário, parece que tem uma mensagem, mas é do próprio vinil", contou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário