Homem é preso suspeito de atear fogo em dois moradores de rua

Casal dormia sob marquise de loja quando foi surpreendido por homem que ateou fogo
Um homem foi preso suspeito de atear fogo em um casal de moradores de rua que dormiam nas proximidades de um terminal de ônibus em Santo André, no ABC paulista, na noite desta sexta-feira (6). Segundo o boletim de ocorrência, o agressor seria outro morador de rua que teria discutido com o casal antes de cometer o crime. O homem e a mulher que sofreram queimaduras ficaram feridos. O estado dela é grave.
O crime aconteceu após as 23h sob a marquise de uma loja na Avenida Dom Pedro I, perto do terminal de ônibus Vila Luzita. O morador de rua Damião Batista de Oliveira, de 63 anos, discutiu com o casal Adailton Raimundo de Jesus, de 44 anos, e Lucineia Souza da Costa, de 47, que dormia no local.
Após a discussão, o homem foi até um posto de gasolina, comprou álcool e ateou fogo no casal. Um homem que passava pelo local tentou socorrer as
vítimas e também ficou ferido.
Lucineia foi levada para o Centro Hospitalar de Santo André com queimaduras em 30% do corpo. Adailton foi encaminhado para o Hospital Geral de São Mateus. O pedestre que tentou ajudar teve ferimentos leves nas mãos.
Damião, o agressor, foi contido por pessoas que estavam no local e preso em flagrante. Ele está preso no 4º DP de Santo André e vai responder por tentativa de homicídio duplamente qualificado. (g1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário