Conselho de Segurança da ONU nega pedido de condenação ao ataque na Síria

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas rejeitou dia (14) a resolução russa que pedia uma condenação dos ataques à Síria. A proposta da Rússia considera que o ato representa uma violação do direito internacional e da Carta das Nações Unidas.
Na resolução, o país governado por Putin requeria que a França, o Reino Unido e os Estados Unidos, as três nações responsáveis pelo ataque, evitem o uso futuro de força contra o regime que comanda da Síria.
Segundo o G1, apenas a Rússia – a requerente, a China e a Bolívia foram a favor do projeto de resolução. Entre os outros 12 países membros do conselho, oito foram contra a proposta e quatro se abstiveram. Para ser aprovada, uma resolução Conselho de Segurança da ONU precisa receber nove votos e nenhum veto dos cinco membros permanentes - Rússia, China, França, Reino Unido e Estados Unidos.
Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário