Sem perder há sete Ba-Vis, tricolor será campeão se mantiver tabu

Para ser campeão e consequentemente impedir o tricampeonato do Vitória, o Bahia precisa apenas de um empate na final de domingo (8), às 16h, no Barradão. O objetivo, portanto, é repetir o histórico recente nos clássicos, já que o tricolor não perdeu nenhum dos últimos sete Ba-Vis,
Foram quatro triunfos e três empates: 2x0 no jogo de volta da semifinal da Copa do Nordeste de 2017, na Fonte Nova; empates por 1x1 em casa e 0x0 no Barradão nas finais do estadual do ano passado; outro empate por 0x0 no primeiro turno da Série A, novamente no estádio rubro-negro; triunfo por 2x1 na Fonte Nova, no segundo turno do Brasileirão; 3x0 no Ba-Vi da primeira fase do estadual deste ano, no Barradão; e 2x1 no primeiro jogo da decisão, domingo passado (1), na Fonte Nova.
A última derrota foi no jogo de ida das semifinais do Nordestão do ano passado,
quando perdeu por 2x1 no Barradão. O comandante tricolor, no entanto, não acredita que esse tabu vá favorecer o Bahia, nem intimidar o Vitória.
“Procuro não pensar dessa maneira. Procuro pensar jogo a jogo para nos fortalecer. Se entrar com essa situação na cabeça, isso não garante nada. O que garante é atitude. Você fala o que quer, mas o que conta são as suas atitudes, e é o que a gente busca: atos firmes, fortes, que possam nos trazer o triunfo”, afirma o técnico Guto Ferreira. (correio24horas)

Nenhum comentário:

Postar um comentário