Governo pressiona Polícia Federal a prender para acabar com protesto dos caminhoneiros

O governo do presidente Michel Temer (MDB) tem pressionado a Polícia Federal a acelerar investigações e prender suspeitos de dar suporte ilegal ao protesto dos caminhoneiros.
De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, os ministro da Secretaria de Governo e da Casa Civil, Carlos Marun e Eliseu Padilha, respectivamente, são os maiores entusiastas das prisões.
À cúpula do governo, o diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, tentou conter a tese e ressaltou que a prisão só pode acontecer em casos de flagrante ou com ordem judicial.
Metro1/Foto : Romério Cunha

Nenhum comentário:

Postar um comentário