SAJ: Professor Waldir Santos ministra palestra sobre combate a corrupção

Aconteceu na noite desta sexta-feira (04/05), no Auditório da OAB-Subseção Santo Antônio de Jesus, uma palestra com o professor Waldir Santos sobre combate a corrupção. Em entrevista ao Tribuna do Recôncavo, Dr. Waldir, que é Advogado da União e Presidente do Tribunal de Ética do OAB-BA, falou a respeito de algumas concepções que estão presas na cabeça das pessoas relacionadas com a política e a corrupção.
“Uma delas é a de que todo político é desonesto, isso não corresponde a realidade porque qualquer um de nós identifica não somente no cenário local como no cenário nacional pessoas que são honestas”, disse Dr. Waldir, ressaltando que essa é uma forma simplista do cidadão ver as coisas para se manter afastado da política.
“Se você tem uma água suja, a melhor forma de torna-la mais limpa é colocando água mais limpa, e não se afastando, deixando que aqueles que são desonestos continuem dominando a cena”.
Ainda segundo o professor Waldir, o povo não vota mal, a maior parte da população vota bem. Nas eleições municipais de 2016, em Santo Antônio de Jesus, por exemplo, 29,19% dos eleitores elegeram 100% da Câmara Municipal, em Salvador esse número foi de 21,25%. “Então, o restante do percentual, 78,75% em Salvador e 70,81% em Santo Antônio de Jesus, ou não votaram ou votaram em quem perdeu. A maioria votou em quem perdeu”. Esse cenário pode mudar com o fim das coligações.
Além de votar, Dr. Waldir ressaltou a importância da população participar dos grupos que fiscalizam os políticos, em Santo Antônio de Jesus participando do Observatório Social, ou criando o Conselho de Cidadãos em seu município. Interessados em fortalecer essa mobilização devem acessar o site:conselhodecidadaos.com.br  
A palestra teve como público alvo advogados e estudantes de Direito. Para o Advogado Dr. Ícaro Argolo, professor da disciplina Etíca Juridica no curso de Direito da Facemp, foi uma satisfação discutir sobre a administração pública. “Trazer os alunos da faculdade para repercutir a ideia da necessidade de fazer um combate aos atos de corrupção, e contar com uma pessoa tão engajada como o professor Waldir nos engradece, sobretudo, para garantir a esses alunos uma percepção que é possível sim combater a corrupção, mas sobretudo evitá-la”, destacou Argolo.

Fonte: Tribuna do Recôncavo

Nenhum comentário:

Postar um comentário