Turma da Mônica pode ser usada para combater terrorismo no Líbano

A Turma da Mônica pode ser usada para uma ação de combate ao terrorismo no Líbano. De acordo com informações da coluna da Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, a ideia é que o governo do país traduza para o árabe as histórias e cartilhas do projeto brasileiro “Um por Todos e Todos por Um! Pela Ética e Cidadania”, confeccionadas pela Controladoria-Geral da União (CGU) em parceria com o Instituto Mauricio de Sousa.
O projeto, que usa os personagens para ensinar valores e estimular a autoestima de crianças do ensino público, foi apresentado aos libaneses durante uma reunião do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC), da ONU. Ainda de acordo com a publicação, representantes do governo libanês avaliam que as crianças com melhor autoestima têm menor chance de serem cooptadas por grupos terroristas.
BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário