Daniel Alves passa por cirurgia em Paris, mas PSG não divulga tempo de recuperação

Cortado da lista do técnico Tite, o lateral-direito Daniel Alves foi submetido a uma cirurgia no joelho direito nesta terça-feira, em Paris, segundo informou o Paris Saint-Germain. O jogador se machucou sozinho no dia 8 de maio, na partida do Paris Saint-Germain contra o Les Herbiers, pela final da Copa da França. O baiano teve uma lesão no ligamento cruzado anterior. O clube não divulgou o tempo de recuperação, mas a tendência é que ele fique fora dos gramados por seis meses.
O jogador publicou uma foto nas redes sociais logo após o procedimento, e afirmou que está muito bem.

"Gostaria de agradecer a todos pelas orações que por mais que não se vejam, se sentem... Faz algumas horas acabei de iniciar o meu processo de
recuperação e graças a Deus, tudo correu bem. Como podem apreciar na foto acima, a anestesia não fez efeito colaterais no Good Crazy e tudo continua igual !!Nos vemos pronto, mais rápido, mais forte e mais Good Crazy!!", escreveu no Instagram.

Daniel Alves sofreu uma desinserção no ligamento cruzado. Em outras palavras, o ligamento se soltou de um osso, o que é diferente do rompimento mais convencional, quando ele parte no meio. Titular absoluto de Tite, Daniel caminhava para a sua terceira Copa do Mundo. Ele disputou as Copas de 2010 e 2014.

Oferecido ao Sevilla
O lateral-direito pode mudar de clube nas próximas semanas. De acordo com informações do jornal espanhol “As”, o jogador do Paris Saint-Germain foi oferecido por seus empresários ao Sevilla, clube pelo qual fez bastante sucesso antes de chegar ao Barcelona.
O jogador de 35 anos não tem permanência garantida no Paris, que está de novo técnico: o alemão Thomas Tuchel, que substitui o espanhol Unai Emery. Lembrando que Dani Alves tem contrato com o PSG até 30 de junho de 2019. (Agência O Globo/ibahia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário