Juiz desmarca depoimento de Lula na Zelotes previsto para esta quinta

A Justiça desmarcou o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no âmbito da Operação Zelotes, marcado para esta quinta (21).
O desembargador Néviton Guedes, do TRF da 1ª Região, aceitou o pedido da defesa de Lula e não determinou nova data para o interrogatório.
Os advogados alegaram que o tribunal havia suspendido anteriormente o depoimento para que fossem ouvidas as testemunhas do exterior, como o caso o ex-presidente da França Nicola Sarkozy.
Segundo a decisão, a oitiva de Lula poderia ser marcada antes dos depoimentos dessas testemunhas apenas se houvesse algum risco para o processo, como prescrição. A defesa afirmou que o interrogatório foi marcado sem levar a
decisão em consideração.
O depoimento seria dado por videoconferência, já que Lula está preso em Curitiba.
O petista é investigado por supostas negociações irregulares que levaram à compra de 36 caças do modelo Gripen, da Suécia, pelo governo brasileiro e à prorrogação de incentivos fiscais destinados a montadoras de veículos por meio de medida provisória. (Folhapress)

Nenhum comentário:

Postar um comentário