Justiça dos EUA determina prazo de 30 dias para que crianças sejam entregues às famílias

Um juiz federal emitiu uma liminar, válida em todo o território estadunidense, que impede temporariamente o presidente Donald Trump e a administração dele de separar crianças dos pais delas na fronteira dos Estados Unidos com o México.
Na decisão de Dana Sabraw, do Tribunal de San Diego, emitida ontem (26), ele ordenou também que todas as famílias sejam reunidas em no máximo 30 dias. 
Crianças de 5 anos deverão ser devolvidas aos pais no máximo em 14 dias. A liminar prevê também que todas as crianças possam conversar com os familiares dentro de 10 dias.
O governo Trump já separou mais de 2.575 menores que atravessaram a fronteira do país com o México desde que a estratégia de "tolerância zero" contra a imigração ilegal entrou em vigor nos EUA.
Metro1/Foto : Official White House Photo by Shealah Craighead

Nenhum comentário:

Postar um comentário