Megaoperação prendeu oito, entre eles três que estavam no presídio de Itabuna

Megaoperação integrada prende oito criminosos e desmonta quadrilha, na cidade de Itabuna. Cerca de 80 policiais civis e militares, além de agentes penitenciários cumpriram, na quarta-feira (6), os mandados de prisões, três deles no presídio local.
O alvo principal foi Edson Januário da Silva, o 'Didiu', líder da facção criminosa envolvida com tráfico, homicídios e roubos, que cumpre pena. Além da prisão, ele será remanejado para o presídio de segurança máxima, localizado na cidade de Serrinha. Wenerson Reis da Silva, o 'Calango', e Wagner Nascimento Cordeiro, o 'Guito', foram os outros detentos com mandados cumpridos.
Fora do sistema prisional, Simone Januário dos Santos, irmã de Didiu, Taciana Santos Paixão, Silvanei José dos Santos, Marcos Venicius Santos Nery, gerente da quadrilha, e Davi Rosa do Carmo acabaram presos. Weslei Melo de Jesus,
outro alvo da operação, reagiu à abordagem e não resistiu ao confronto.
No presídio, os policiais e agentes penitenciários encontraram facas, celulares, carregadores e porções de maconha. Com o quinteto do lado de fora, dois revólveres calibre 38 foram achados.
"As equipes da 6ª COORPIN, da PM e do sistema prisional estão de parabéns. Excelente resultado que demonstra a força do trabalho integrado e de inteligência. Com certeza novos desdobramentos serão realizados", enfatizou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa. (ssp.ba)


Nenhum comentário:

Postar um comentário