Tricolor perde mais uma fora e se afunda na zona de rebaixamento

Um primeiro tempo promissor, que até parecia indicar um final diferente em comparação às outras quatro partidas do Bahia fora de casa na Série A. No entanto, nada mudou. O tricolor mais uma vez foi derrotado, agora pelo Paraná, por 1x0. Amargou a sua quinta derrota longe de Salvador em cinco jogos e segue sem fazer um gol sequer. O resultado manteve o time na zona de rebaixamento. Agora é o vice-lanterna, com oito pontos, tendo sido ultrapassado pelo próprio Paraná e só a frente do Ceará, com 4.
Apesar da formação indicar uma equipe mais defensiva, pela entrada do volante Flávio no lugar de Júnior Brumado, o Bahia teve as melhores oportunidades no primeiro tempo e poderia ter ido para o intervalo vencendo por 1x0, não fosse a boa atuação do goleiro Thiago Rodrigues.
A primeira chance foi aos 17 minutos, quando Vinícius aproveitou cruzamento de Nino Paraíba e cabeceou para a boa defesa de Thiago. O goleiro paranista voltou a trabalhar em nova chegada tricolor pelo lado direito. Desta vez,
espalmando chute forte de Élber.
Os donos da casa tiveram uma única finalização perigosa, em cobrança de falta. Douglas acabou saindo da área com a bola nas mãos, em disputa com Thiago Santos e o árbitro assinalou a infração. O mesmo atacante chutou forte e acertou a trave.
No finalzinho da primeira etapa, Flávio recebeu passe de Zé Rafael e tentou o chute colocado, mas o goleiro novamente trabalhou bem e colocou para escanteio. Na cobrança de Vinícius, Lucas desviou, a bola cruzou toda a área e Zé Rafael ainda chutou cruzado, tirando tinta da trave esquerda.

Segundo tempo
O Paraná voltou para o segundo tempo com o atacante Carlos no lugar do volante Jhonny Lucas. Com isso, o técnico Rogério Micale conseguiu fazer sua equipe equilibrar a partida e incomodar o Bahia. Apesar da maior posse de bola tricolor, o time da casa por pouco não abriu o placar aos 16 minutos com Thiago Santos, que após brigar com os zagueiros dentro da área, conseguiu finalizar mesmo que no chão, mas mandou pra fora.
A resposta do Bahia veio em seguida, em grande jogada de Zé Rafael pela direita, que deixou toda a marcação para trás e cruzou rasteiro, mas Elton furou na hora de finalizar e perdeu a chance de abrir o placar.
O castigo veio no lance seguinte. Aos 20, Léo Itaperuna tabelou com Thiago Santos e tocou para Silvinho, que havia acabado de entrar no lugar de Carlos Eduardo, só empurrar para o gol.
Após o gol sofrido, Cláudio Prates tentou abrir um pouco mais a equipe, colocando o atacante Fernandinho, no lugar de Elton. Logo depois tirou Zé Rafael para a entrada de Ítalo. Com a vantagem no placar, o Paraná se colocava totalmente atrás da linha da bola e tentava contra-atacar nos erros do Bahia.
A última cartada de Prates foi a entrada de Allione no lugar de Vinicius, que não surtiu nenhum efeito. Após mais uma derrota fora de casa na Série A, o tricolor volta a campo no domingo, às 16h, quando enfrenta o Botafogo, na Fonte Nova. 
Caso a diretoria não anuncie um novo treinador, Claudinho Prates seguirá no comando da equipe interinamente. Vale lembrar que ele será o comandante do time sub-23 no Campeonato Brasileiro de Aspirantes. (correio24horas)

Nenhum comentário:

Postar um comentário