ACM Neto diz que PT fez manobra para aproveitar momento favorável a Lula

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), diz que o comportamento do Judiciário é "péssimo" para o Brasil, devido à instabilidade jurídica instalada. O imbróglio judicial ocorreu depois que o desembargador plantonista do TRF4, Rogério Favreto, mandou soltar o ex-presidente Lula (PT) em três ocasiões, mas as três decisões foram anuladas por outros magistrados.
Instado pelo Bocão News na manhã da segunda-feira (9) sobre o caso, o presidente nacional do DEM alfinetou o Partido dos Trabalhadores. "A gente percebeu ali uma certa manobra do PT, que queria se aproveitar de um momento favorável no Judiciário para reverter uma decisão colegiada", cutucou.
"Esse vai e vem é realmente algo inacreditável. Me pareceu muito estranho um juiz que estava no plantão tomar uma decisão que não se enquadrava nesse momento de plantão, contrariando, inclusive, decisões colegiadas pregressas tanto do próprio TRF4, quanto até mesmo do STJ e do STF", analisou o democrata baiano, após assinar o decreto que regulamenta o Fundo Municipal de Apoio às Pessoas com Deficiência em cerimônia no Palácio Thomé de Souza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário