Bancária morre após procedimento estético na casa do médico, no Brasil

A bancária Lilian Quezia Calixto de Lima Jamberci, de 46 anos, morreu após ser submetida a um procedimento estético nos glúteos na casa do médico, em uma cobertura na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.
Como apurado pelo Extra, Lilian viajou de Cuiabá (MT) até o Rio para fazer o procedimento no último sábado (14). De acordo com a família, após a intervenção, a mulher passou mal e foi levada para o hospital Barra D'or, também na Zona Oeste da cidade, mas não resistiu.
O enteado da vítima contou que o procedimento não foi realizado em uma clínica, mas sim em uma cobertura residencial, onde foi recebida pelo médico por volta das 22h de sábado.
O médico foi identificado pela polícia como Denis Cesar Barros Furtado, de 45 anos. Ele é conhecido nas redes sociais como "Doutor Bumbum" e tem quase um milhão de seguidores. O profissional foi quem levou Lilian ao hospital.
O Barra D'or informou que a paciente deu entrada no setor de emergência da
unidade às 22h59, acompanhada de um casal. Lilian estava lúcida e contou que tinha vindo de um consultório médico, onde implantaria cerca de 300ml de silicone nos glúteos.
Ainda de acordo com o hospital, a vítima apresentava taquicardia, dispneia, cianose, sudorese intensa e hipotensão. A hipótese inicial para a morte é de que a bancária tenha sofrido uma embolia pulmonar, devido à aplicação do silicone.
Depois de dar entrada no hospital, Lilian piorou e teve quatro paradas cardiorrespiratórias, sendo que na última não respondeu as manobras de ressuscitações. Lilian morreu por volta das 1h12 do domingo.
A diretora do Barra D'or, Martha Maria Soares Savedra, disse em depoimento à polícia que o médico recolheu os pertences da paciente no mesmo dia da internação e se retirou do hospital. (noticiasaominuto)

Nenhum comentário:

Postar um comentário