Bélgica bate a Inglaterra, termina em terceiro e alcança a sua melhor posição em Copas

Foto: Getty Images
A poderosa geração da Bélgica se despediu da Copa do Mundo com mais uma vitória. Neste sábado (14), em São Petersburgo, os belgas bateram a Inglaterra pelo placar de 2 a 0 e conseguiram sua melhor campanha na história das Copas, superando o quarto lugar de 1986. Meunier, no primeiro tempo, e Eden Hazard, no segundo, fizeram os gols do jogo. Com o quarto lugar, a Inglaterra iguala campanha de 1990, melhor resultado desde o título de 1966, em casa. Na primeira etapa, o jogador do PSG Meunier apareceu feito centroavante, logo aos 3 minutos, e aproveitou jogada que envolveu o goleiro Courtois e o centroavante Lukaku.
No cruzamento de Chadli, completou de canela para o gol. Mesmo sem grande brilho de seus craques, Hazard e De Bruyne, os belgas rondaram a área inglesa com mais perigo. A Inglaterra até conseguiu alguns espaços, e Kane teve chance de empatar, mas chutou mal.
Já no segundo tempo, a seleção da Inglaterra melhorou e passou a ficar mais perto do empate do que a Bélgica do segundo gol, principalmente em lances de bola parada. A chance mais clara, porém, foi com Dier saindo livre na cara de Courtois e tocando por cima, mas Alderweireld salvou em cima da linha, aos 24. E quando a Inglaterra estava melhor, a Bélgica matou o jogo no contra-ataque, aos 36, com Eden Hazard fazendo o segundo gol.
Neste domingo (15), às 12h, França e Croácia se encontram para decidir quem sairá da Rússia com o título de campeão mundial. Franceses conquistaram sua única estrela na Copa de 1998, em casa. Já a Croácia chega para a sua primeira decisão e busca uma conquista inédita para a história do seu país.
VN

Nenhum comentário:

Postar um comentário