Cabeleireira é chamada de “macaca” e denuncia caso no Ministério Público

Uma cabeleireira foi chamada de “macaca” através de um aplicativo de celular e denunciou o caso à Polícia Civil e ao Ministério Público do Estado (MP-BA).
Iaina Fernanda Pereira contou que costuma divulgar o trabalho nas redes sociais e sempre disponibiliza o número de telefone. Segundo ela, recentemente, um homem começou a enviar mensagens ofensivas através do WhatsApp, chamando-a de “preta macaca”, “cabelo duro” e chamando baiano de “lerdo”.

O caso foi denunciado na última sexta-feira (13) e está sendo investigado.
VN

Nenhum comentário:

Postar um comentário