Capitão do Brasil, Miranda avisa: 'A Bélgica não é só o Lukaku'

Capitão da seleção brasileira no duelo das quartas de final contra a Bélgica, sexta-feira (6), às 15h, em Kazan, o zagueiro Miranda avisou que a equipe verde e amarela não ficará atenta apenas à movimentação do centroavante Lukaku, vice-artilheiro do Mundial da Rússia ao lado de Cristiano Ronaldo, com quatro gols - atrás do inglês Harry Kane, com seis.
"A Bélgica não é só o Lukaku. Seguramente ele é um grande atacante, mas a principal maneira de parar o adversário é estar atento a todas as jogadas e aos jogadores em campo. Há vários jogadores decisivos, de qualidade, habilidosos, mais verticais. Nosso sistema defensivo entrará muito bem preparado para neutralizar todas as armas do adversário", afirmou o jogador. Ao lado do Uruguai, a defesa do Brasil é a menos vazada da Copa do Mundo. Com apenas um gol sofrido em quatro jogos, a zaga verde e amarela tem a missão de parar o ataque mais positivo do torneio. Os belgas comemoraram 12 gols até aqui.

"A seleção brasileira está acostumada e tem responsabilidade de jogar em alto nível. Sabemos das dificuldades do jogo porque a Bélgica exige ainda mais concentração, da nossa capacidade técnica, é um adversário muito forte. Vamos entrar atentos, sabendo que para vencer um grande adversário temos que fazer o melhor", afirmou Miranda.
Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário