Desemprego recua, mas país bate recorde de pessoas que não trabalham nem buscam vaga

A taxa de desemprego no Brasil recuou 12,4% no trimestre encerrado no último mês de junho. O número equivale a 13 milhões de pessoas desempregadas no país, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (31) pelo Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da pesquisa Pnad Contínua. Apesar da redução do índice, foi registrado recorde no número de pessoas que não trabalham e nem procuram emprego. O contingente fora da força de trabalho - em idade de trabalhar, mas que não estão em busca de oportunidade - chegou a 65,6 milhões, o que representa alta de 1,2% sobre o período anterior e o mais alto número da série histórica.

Em comparação ao mesmo período do ano passado, o emprego também caiu. Na ocasião, a taxa estava em 13%. O contingente de desocupados - sem emprego, mas em busca de oportunidade - somou 12,9 milhões no atual levantamento. Por outro lado, o número de ocupados somou 91,2 milhões em junho.
BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário