França e Uruguai abrem corrida por vagas na semifinal

A sexta-feira de Copa do Mundo promete: Uruguai, França, Brasil e Bélgica entram em campo para dar início aos duelos das quartas. A bola rola a partir das 11h, ainda sem confirmação da presença de Cavani, e segue às 15h, com Neymar, Coutinho e companhia encarando a balada geração de Hazard e De Bruyne.

Uruguai x França
11h - Nizhny Novgorod
Quartas de final da Copa do Mundo
A França de Didier Deschamps está em alerta para a bola parada do Uruguai na Copa do Mundo: cinco dos sete gols saíram dessa maneira. Até a vitória por 2 a 1 sobre Portugal, nas oitavas de final, todos os gols haviam sido marcados assim.
É um time muito bem organizado defensivamente, sofre poucos gols e também são fantásticos ofensivamente. Passam com velocidade da defesa para o ataque,
têm jogadores que fazem bem o seu papel e são fantásticos. Temos que ter paciência e equilíbrio entre defesa e ataque, além de ter atenção na bola parada. Marcaram muitos gols assim disse Deschamps.
A grande dúvida é sobre quem será o substituto do suspenso Matuidi. Tolisso, Lemar, Fekir e Dembélé são candidatos.

No Uruguai, o nome de Cavani concentra as atenções desde o início da semana. O herói da classificação sobre Portugal deixou o jogo com um edema na panturrilha esquerda e até esta quinta-feira não havia pisado no gramado do CT em Nizhny Novgorod. Bastou uma leve corrida e uma bola, no entanto, para reacender as esperanças celestes.
O técnico Óscar Tabárez teve a oportunidade de acabar com o mistério, mas preferiu manter o suspense. Se Cavani de fato não puder jogar, como se imagina, é provável que Stuani seja o seu substituto. O restante do time será o de sábado, com destaque para o meio-campo renovado com Nández (22 anos), Torreira (22), Vecino (26) e Bentancur (20). (g1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário