MPF cede informações sobre relatório da APA de Guaibim

Barracas deverão ser demolidas até o final do ano. Foto: Google
Termina na próxima terça-feira (31) uma perícia que investiga danos ambientais supostamente cometidos na construção de barracas na Orla de Guaibim, em Valença, no Baixo Sul do estado. O procedimento também apura a falta de licença ambiental para ocupação das barracas é o que informa nota do Ministério Público Federal (MPF-BA).
Devido à perícia, moradores e banhistas da Praia de Guaibim estão apreensivos quanto à possibilidade de retiradas das barracas. O MPF adiantou que a perícia encerrada nesta terça pode ser prorrogada, caso haja necessidade de mais tempo na preparação do relatório. Só a partir daí o órgão definirá o que será feito. A questão estende ainda mais a definição sobre o caso: se as barracas vão ficar ou se vão ser removidas da praia.
Livrenoticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário