Número de mortes de imigrantes no mediterrâneo chega a quase 1,5 mil este ano

O número de mortes de imigrantes e refugiados tentando chegar à Europa pelo Mar Mediterrâneo chegou a 1.490 este ano até a última quarta-feira (18), conforme números divulgados pela Organização Internacional para as Migrações das Nações Unidas (OIM-ONU). A marca é menor do que o registrado no mesmo período de 2017, quando morreram 2.382 pessoas.
Ainda de acordo com a OIM-ONU, houve também redução na entrada de imigrantes na Europa. Até o dia 18 de julho, o número chegava a 51.782. Já em 2017 e em 2016, foram, no mesmo período, 110.189 e 244.722, respectivamente.
Por outro lado, o mês de junho registrou a maior quantidade de mortes de imigrantes no Mediterrâneo ao longo dos últimos 18 meses. Entre os dias 1º e 30, pelo menos 629 mortes foram confirmadas. A última vez que o número foi tão alto foi em novembro de 2016, com 718 mortos.
BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário