Vasco vence, mas Bahia segura pressão e pega Palmeiras na Copa do Brasil

Após perder na ida por 3 a 0 em Salvador, o Vasco venceu o Bahia por 2 a 0 na noite desta segunda-feira (16), em São Januário, mas acabou eliminado nas oitavas de final da Copa do Brasil.
Precisando de um resultado elástico, o clube carioca foi para cima, mas acabou parando na catimba do Bahia. A todo momento, os jogadores do tricolor retardavam o início do jogo e esfriavam a partida, irritando os vascaínos. Assim, mesmo com muita posse de bola, o Vasco quase não conseguia criar chances reais de gol.
Aos 33 minutos, Andrés Rios invadiu a área e caiu após leve toque de Nino Paraíba. O árbitro Rafael Trauci marcou pênalti, que Yago Pikachu bateu deslocando o goleiro e fez 1 a 0 para o time da casa. Jorginho perdeu seus dois laterais, Rafael Galhardo e Ramon, ainda no primeiro tempo por lesão, sendo
obrigador a queimar duas alterações antes do intervalo.
No segundo tempo, o panorama pouco se alterou. Os cariocas tentavam chegar ao gol, sem muita inspiração, enquanto o Bahia tratava de esfriar o jogo sempre que possível. Aos 19 minutos, Pikachu cruzou da direita e Andrey, de cabeça, ampliou o placar.
Faltando um gol para levar a decisão para os pênaltis, o Vasco foi com tudo para cima. O time carioca quase chegou ao gol que faltava com ajuda do zagueiro Tiago. Após tentar cortar cruzamento, o zagueiro jogou a bola para trás, batendo o goleiro Anderson. Andrey se esticou todo para desviar a bola para o gol, mas ela saiu perto do gol baiano. Se esforçando para marcar o terceiro, o cruzmaltino deixava muitos espaços na defesa e deixava muitos espaços para contra-ataques. Só que o Bahia não conseguia aproveitar. Nos acréscimos, Andrés Rios foi expulso por após dividida no alto com Tiago. Ainda havia tempo para o lateral Léo, do Bahia, por entrada forte em Yago Pikachu. O jogo terminou com muita reclamação dos vascaínos em relação à arbitragem.
Com a classificação, o tricolor baiano se classificou para enfrentar o Palmeiras nas quartas de final da Copa do Brasil. (destakjornal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário